Aos Trabalhadores do Abate de Aves

A Associação Patronal-ANCAVE, em representação dos patrões do setor do Abate de Aves, lançaram uma ofensiva de destruição total ao CCT-Contrato Coletivo de Trabalho.

Pretendem os patrões fazer caducar o CCT, negociado pela FESAHT/SINTAB e com esta caducidade acabar definitivamente com os direitos que os trabalhadores têm à longos anos, senão vejamos.

O QUE QUEREM OS PATRÕES!

São tantas as malfeitorias que esta folha de papel é pequena para escrever todas elas e por isso, limitamo-nos a tornar públicas, aquelas que pela sua gravidade merecem ser denunciadas.

  • Querem eliminar os três dias úteis de férias de majoração.
  • Querem reduzir o valor do trabalho noturno de 50% para 25%.
  • Querem criar um regime de trabalho por turnos, cujo valor do subsídio é de 8%, muito insuficiente se tivermos em conta o valor do subsídio nocturno.
  • Querem impor um “banco de horas” que mais não é que trabalhar de borla, cuja duração de trabalho semanal vai de 10h dia / 50h semana ou 12h dia / 60h semana. Desumano, cruel e inaceitável.
  • Querem reduzir o valor percentual do trabalho extraordinário de 50%; 75% e 150% para 25%; 37,50% e 50%.
  • Se os sindicatos e os trabalhadores não derem tudo isto aos patrões eles pretendem fazer caducar o CCT, ROUBANDO todos os direitos contratuais consagrados e em vigor.

VAMOS LUTAR PARA COMBATER O ROUBO QUE OS PATRÕES QUEREM FAZER!

Vamos lutar para defender o nosso CCT-Contrato Coletivo de Trabalho que nos garante os mínimos de direitos a termos uma vida digna e ao trabalho com direitos.

Vamos lutar para defender e melhorar os nossos direitos e não deixá-los desaparecer como é as intenções dos patrões.

Em torno destes objetivos o SINTAB, com os trabalhadores, vai organizar a luta.

PELA DEFESA DO CCT!

TRABALHO COM DIREITOS!

Comentários encerrados