Arquivos de Notícias

Iniciativas

cartazete site

catazete site 2

Aniversário CGTP-IN | Há 44 anos ao lado dos trabalhadores

cartaz

Iniciativas USCB/CGTP-IN | 3 de OUTUBRO

apresentação covilhã apresentação covilhã convite apresentação castelo branco apresentação castelo branco convite

USCB assinala Dia Internacional da Mulher

A União dos Sindicatos de Castelo Branco (USCB), assinalou o dia Internacional da Mulher com um conjunto de iniciativas em três cidades do distrito: Castelo Branco, Covilhã e Fundão.8 marco 5

Na sexta-feira dia 7 de Março, na cidade de Castelo Branco decorreu o debate sobre assédio moral no local de trabalho, que contou com um momento musical e onde se trabalharam as situações em que se verifica o assédio moral em articulação com as formas de combate deste tipo de violência exercida pelo patronato nos locais de trabalho e contou com a presença de Fátima Messias: Membro da Comissão Executiva da CGTP-IN e responsável pela Comissão de Igualdade entre Mulheres e Homens da CGTP-IN, de Catarina Sales Oliveira: Professora na UBI. Coordenadora do projecto “UBIgual: Plano de Igualdade de género da UBI”, 2009/2013 e da Drª Carina Menchero: Psicóloga no Hospital Amato Lusitano de Castelo Branco. Este evento foi realizado no Cine-Teatro de Castelo Branco onde também foi aberta uma exposição.8 marco 4

No Sábado dia 8 de Março, foram realizadas duas iniciativas a Caminhada pela Igualdade com saída do Jardim Público da Covilhã e percurso por várias ruas e bairros da Cidade.

8 marco 2E como é habitual as comemorações do dia 8 de Março foram encerradas com Jantar comemorativo do Dia Internacional da Mulher no Restaurante Casa dos Leitões, Alcaria, Fundão, um jantar de Mulheres e Homens dado que o futuro apenas se pode construir em igualdade. Uma iniciativa que contou com a presença de cerca de 80 pessoas, onde o convívio, a animação e a partilha dos ideais de igualdade se prolongaram noite dentro.

Estas iniciativas foram organizadas pela União dos Sindicatos de Castelo Branco (USCB-CGTP-IN), Comissão de Igualdade entre Mulheres e Homens (CIMH) de Castelo Branco e fazem parte da Semana Nacional de Protesto e Luta, que a CGTP-IN levará a efeito, tendo como objectivo central a demissão do Governo e a convocação de eleições antecipadas, questão decisiva e inadiável para parar a ofensiva contra as Funções Sociais do Estado, o Poder Local Democrático e os serviços públicos e para defender as conquistas da Revolução de Abril, a Constituição da República e o Regime Democrático.8 marco 1 8 marco 3

Jantar Dia da Mulher – 8 de Março

8 de março

Jantar Dia da Mulher

8 de Março

20 horas

Restaurante Casa dos Leitões

Ponte da Meimoa – Alcaria

Preço:10 Marços

Ementa

Entrada: Salgados

Sopa de legumes

Lombo assado à padeira

Sobremesa: Arroz Doce, Papas, salada de frutas

Bebidas

Vinho

Águas

Refrigerantes

Café

Inscreve-te

Uma Iniciativa da CIMH / União dos Sindicatos de C. Branco CGTP-IN
Telefones: 275 335846 ou 272 343434

lema jantar

 

Caminhada pela Igualdade

CaminhadaA Comissão de Igualdade entre Mulheres e Homens (CIMH) e a Direcção da União dos Sindicatos de Castelo Branco/CGTP-IN vêm por este meio convidá-lo(a) a participar na CAMINHADA PELA IGUALDADE que levaremos a efeito no dia 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, com partida às 15h00, no Jardim Público da Covilhã e que percorrerá várias artérias e bairros da nossa cidade.

A Caminhada serve para assinalar o Dia Internacional da Mulher, é aberta à participação de mulheres e homens. Vista uma t-shirts branca e traga outros elementos que entender apropriados para evocar esse dia e fazer lembrar a situação concreta que hoje se vive.

Informe-se no seu sindicato e
na sede da União dos sindicatos de Castelo Branco!
Compareça!

Nova Direcção da USCB/CGTP-IN realizou a sua 1ª reunião

No seguimento da Tomada de Posse dos Corpos Gerentes da União dos Sindicatos de Castelo Branco/CGTP-IN, eleitos no 7º Congresso que ocorreu no dia 8 de Fevereiro, realizou-se a 1ª reunião de Direcção que procedeu à eleição do Coordenador da Direcção e da Comissão Executiva, ambas as votações por voto directo e secreto. Para a função de coordenador foi eleito Luís Pereira Garra, que obteve o voto favorável da totalidade dos votos expressos. Quanto à Comissão Executiva foi eleita, com um voto nulo, ficando com a seguinte composição:

-Ana Cristina Hipólito

-António Alberto Sousa Cardona

-António Carlos Santos Oliveira

-Gabriela Maria Santos Vaz Gonçalves

-José Alberto Valente Rocha

-Luís Pereira Garra

-Marco Manuel Matos Melchior

-Maria da Cruz Marques

-Maria Delfina Brás

-Maria Ressurreição S.B. Fernandes

- Marisa Gonçalves Tavares

Para além de tomar estas decisões, a Direcção definiu o plano de trabalho para a dinamização e preparação das comemorações do 8 de Março (Dias Internacional da Mulher), da Semana de luta de 8 a 15 de Março, da Manifestação de Jovens Trabalhadores, a 28 de Março, em Lisboa e das comemorações dos 40 anos do 25 de Abril e do 1º de Maio em liberdade e decidiu ainda dinamizar a recolha da petição lançar um abaixo-assinado “Pelo Direito ao Emprego e à Protecção Social no Desemprego” que a CGTP-IN tem em curso.

Marcha S. Bento – 27 de Fevereiro

1507698_10152277362342915_2052645862_n

7º Congresso USCB: A força da luta e da proposta para vencer

O Centro cultural de Alcains recebeu no passado sábado o 7º Congresso da União dos Sindicatos de Castelo Branco.

Ao longo do dia muitos foram os temas abordados nas cerca de 25 intervenções proferidas por delegados ao congresso e membros da Direcção da USCB. Num contexto de fragilidade e constante ataque aos direitos dos trabalhadores em geral foi possível ter uma noção da situação nos locais de trabalho onde a USCB está presente através da acção sindical dos delegados e dirigentes dos sindicatos filiados nesta estrutura distrital.

Para além de delegados e dirigentes sindicais marcaram presença neste congresso o Presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, Arménio Carlos, Secretário-geral da CGTP-IN, Armando Farias da Comissão Executiva da CGTP-IN, Graciete Cruz da CGTP-IN, Angel Hernandez, Secretário-geral das Comissiones Obreras de Castilla y Leon entre muitos outros

Ao longo congresso foram apresentados vários documentos, submetidos a votação e posterior aprovação, de salientar o Plano de Acção para o próximo quadriénio bem como o Plano de Desenvolvimento e Progresso uma ferramenta essencial para a actividade da União nos próximos tempos onde se encontram a principais propostas para o desenvolvimento e luta contra o empobrecimento crescente da região reforçando a marca de um sindicalismo proponente que tem caracterizado a acção da União dos Sindicatos de Castelo Branco seguindo a linha da CGTP-IN. Todos os documentos propostos à votação do congresso foram aprovados por unanimidade e aclamação, uma situação explicada pelo rigor das propostas apresentadas.

Dos pontos altos deste 7º Congresso destacam-se os vários momentos culturais e as intervenções de Luís Garra, coordenador da USCB e de Arménio Carlos, secretário-geral da CGTP-IN. No primeiro caso o Coordenador da União traçou o retrato do distrito nos últimos quatro anos e das principais iniciativas e lutas realizadas pela estrutura sindical bem como as perspectivas para a região tendo em conta as medidas gravosas que estão a ser aplicadas no distrito e que justificam o aumento das insolvências e extinções de empresas, indicadores da dramática situação que se vive no interior desertificado do nosso país.

Já Arménio Carlos encerrou o congresso alertando para o crescente receio, por parte do governo, das consequências da luta dos trabalhadores e alertou para o perigo de propostas que o PSD quer implementar, como o caso de proibir as greves nas horas de ponta. Uma atitude que o Secretário-geral da CGTP-IN considera perigosa para a democracia portuguesa. O dirigente da Central Sindical, que acompanhou a totalidade dos trabalhos do congresso, aproveitando a oportunidade para reiterar o apoio da CGTP à luta dos trabalhadores do distrito de Castelo Branco e demonstrando os casos em que a luta foi preponderante para travar certas medidas dadas como certas pelo governo.

Neste 7º Congresso foi eleita a direcção da União para os próximos 4 anos, num acto eleitoral onde apenas uma lista se apresentou ao sufrágio dos cerca de 114 delegados ao congresso. Sem surpresas a lista A recolheu a quase totalidade dos votos sendo residual o número de votos em branco e não havendo votos nulos a registar.

Da nova direcção faz parte o ainda coordenador da União, Luís Pereira Garra que não adiantou se vai continuar ou não no cargo remetendo essa decisão para a primeira reunião da nova direcção agendada para dia 19 de Fevereiro.

A 7ª edição do Congresso da União dos Sindicatos de Castelo Branco terminou ao som do Grupo de Concetinas da ARCA de Alcains e com uma acção de rua desde o Centro Cultural até ao largo de Santo António.

Projecção congresso

7º Congresso da União dos Sindicatos de Castelo Branco

Arménio Carlos, Secretário-Geral da CGTP-IN vai estar em Alcains.

A Direcção da União dos Sindicatos de Castelo Branco/CGTP-IN vem por este meio convidá-lo(a) a estar presente num encontro de Arménio Carlos, Secretário-geral da CGTP-IN, com os trabalhadores e a população da Vila de Alcains.

Dia 8 de Fevereiro, 18h15, Largo de Santo António.

Encerramento do 7º congresso da União dos Sindicatos de Castelo Branco/CGTP-IN

Não Falte!!! Esta luta também é sua.

cropped-banner-congresso.png