Destaques

<< >>

CONCENTRAÇÃO DE TRABALHADORES DA PIZZA HUT / IBERSOL

CONCENTRAÇÃO DE TRABALHADORES DA PIZZA HUT / IBERSOL «Semana de Esclarecimento, Acção e Luta da CGTP-IN» Realizou-se, esta quinta-feira (20/06), uma concentração de trabalhadores da PIZZA HUT / IBERSOL ,na loja de Carnaxide deste Grupo multinacional de restauração fast-food. O Grupo Ibersol, que detém as

DIA 27 DE MAIO DE 2024 – GREVE DOS TRABALHADORES DAS CANTINAS, REFEITORIOS, FABRICAS DE REFEIÇÕES E BARES CONCESSIONADOS

Pré-aviso de Greve – Cantinas – 27-05-2024 A Fesaht emitiu pré-aviso de greve para dia 27/05/24 para os trabalhadores das cantinas, refeitorios, fabricas de refeições e bares concessionados, bem como para os trabalhadores da restauração, bebdias e alojamento, pelos seguintes motivos:  Negociação da contratação

GREVE NACIONAL NOS HOTEIS DIA 28/07/23

semana de luta 17 A 28 JULHO A4 MANIFESTO FV finalsemana de luta 17 A 28 JULHO A3 finalPré-aviso de greve – 28-07-2023 A FESAHT emitiu um pré-aviso de greve para o dia 28/07/23, a fim de de todos os trabalhadores do sector dos hoteis

ACÇÃO DE DENÚNCIA JUNTO À CÂMARA MUNICIPAL DE CASCAIS – Nas cantinas escolares de Cascais reinam os salários de miséria, o trabalho precário e a falta de condições!

Screenshot_2024-06-19-17-47-25-14_99c04817c0de5652397fc8b56c3b3817Screenshot_2024-06-19-17-47-08-12_99c04817c0de5652397fc8b56c3b3817Screenshot_2024-06-19-17-46-51-05_99c04817c0de5652397fc8b56c3b3817Screenshot_2024-06-19-17-46-36-77_99c04817c0de5652397fc8b56c3b3817

A Câmara Municipal de Cascais, pagou no lectivo de 2023/2024, cerca de 8.177.000,00 (oito milhões, cento e setenta e sete mil euros) + IVA (13%), à empresa GERTAL, pela confeção, transporte e fornecimento das refeições escolares das escolas públicas do Concelho de Cascais. Apesar do contrato de milhões, a empresa GERTAL, insiste em condenar os trabalhadores a salários de miséria, contratos precários e horários de trabalho reduzidos ao mínimo (de 4 e 6 horas). Existem trabalhadores há mais de 20 anos nos refeitórios escolares de Cascais com contratos precários, muitas vezes despedidos 3 vezes por ano lectivo (natal, páscoa e verão). Em muitas escolas os quadros de pessoal estão incompletos nos refeitórios, e além disso, as categorias profissionais não são correctamente atribuídas aos trabalhadores, nomeadamente, às cozinheiras e despenseiras. A GERTAL recorre maioritariamente a empresas de trabalho temporário para a contratação de trabalhadores que são indispensáveis para o funcionamento destas cantinas e refeitórios.

Uma delegação do Sindicato de Hotelaria do Sul foi recebida pela Chefe de Gabinete do Sr. Presidente da Câmara Municipal, Dr. Carlos Carreiras. Foi-nos transmitido que a Câmara está a averiguar os problemas levantados pelos trabalhadores e que será remetida ao Sindicato uma posição por escrito até ao próximo dia 28/06. Aguardamos e vamos continuar a luta!

A CÂMARA MUNICIPAL DE CASCAIS NÃO PODE CONTINUAR A FECHAR OS OLHOS PERANTE A EXPLORAÇÃO DESTES TRABALHADORES!

25 DE ABRIL DE 2024 – 50 ANOS

Conquistas do 25 de Abrilconquistas do 25 de abril 2

No âmbito dos 50 anos do 25 de Abril de 1974, é de toda a importância os Sindicatos da CGTP-IN tomar uma posição positiva aos princípios de Abril.

Para o efeito, as associações sindicais promotoras, com sede na Rua Cidade de Liverpool, n⁰ 16, decidiram cooperar na criação de uma lona gigante alusivo ao tema “Conquistas do 25 de Abril” dos direitos consagrados aos trabalhadores, no trabalho e da liberdade sindical, com a instalação da lona na fachada do edifício, sito na Rua Cidade de Liverpool, n⁰ 16 (saída norte da estação de metro Anjos).

A iniciativa será visível a todos quantos por ali passarem, assim como e particularnente, aos milhares de trabalhadores, jovens, reformados, homens e mulheres que defendem Abril, aquando da passagem da manifestação nacional que se realiza no 1⁰ de Maio, desde o Martim Moniz até à Alameda, e atravessa a Avenida Almirante Reis no cruzamento com a Rua Cidade de Liverpool.

Esta iniciativa está integrada nas comemorações oficiais dos 50 anos do 25 de Abril.

A LUTA CONTINUA!

Os Sindicatos promotores:
> FIEQUIMETAL – Federação Intersindical das Indústrias Metalúrgicas, Químicas, Eléctricas, Farmacêutica, Celulose, Papel, Gráfica, Imprensa, Energia e Minas;
> FESAHT – Federação dos Sindicatos de Agricultura, Alimentação, Bebidas, Hotelaria e Turismo de Portugal;
> Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura e das Indústrias de Alimentação, Bebidas e Tabacos de Portugal – SINTAB;
> Sindicato Nacional dos Profissionais de Seguros e Afins – SINAPSA;
> Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Hotelaria, Restauração, Turismo e Similares do Sul;
> Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Actividades do Ambiente do Centro-Sul e Regiões Autónomas – SITE-CSRA;
> Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal – CESP

PRÉ-AVISO DE GREVE NEWRAIL DIA 22/09/23 CONCENTRAÇAO SANTA APOLONIA 8H30

A Newrail assumiu, em Junho, a concessão do serviço de bares e refeições dos comboios da CP, mas a nova empresa ainda resiste em pagar o devido aos trabalhadores. Greve convocada para 22 de Setembro.

O pesadelo parecia ter chegado ao fim em Junho de 2023, quando uma nova empresa assumiu a concessão do serviço de bares e refeições dos comboios de longo-curso da Comboios de Portugal (CP), substituindo a empresa Apeadeiro 2020, que embora tenha recebido os pagamentos da CP se furtou a pagar os salários aos pouco mais de 120 trabalhadores que garantem o funcionamento destes serviços.

A Newrail comprometeu-se, antes de aceitar a concessão, a regularizar a situação salarial dos trabalhadores que migraram para a nova empresa. A Apeadeiro 2020 tinha deixado de pagar salários em Fevereiro de 2023 (embora o dono tivesse, no mesmo período, aberto um novo negócio). Infelizmente, foi um caso de nova gestão, novos problemas para os trabalhadores.

Embora a nova concessionária tenha pago os salários em falta, a Newrail recusa-se a fazer os descontos para a Segurança Social. O dinheiro que é descontado, mesmo que o seja pela entidade empregadora, faz parte da remuneração salarial do trabalho, ressalva Luís Trindade, do Sindicato de Hotelaria do Sul (SHS/CGTP-IN), em declarações ao AbrilAbril: ao não o fazer, a empresa está, por e simplesmente, a apropriar-se de parte dos salários dos trabalhadores.

Outro problema que os trabalhadores têm enfrentado é a indisponibilidade da Newrail em assumir as retribuições mensais definidas para estes trabalhadores, a maioria da qual aufere o salário mínimo. O direito a receber uma compensação por refeições, por exemplo, está a ser negada pela empresa.

Apeadeiro 2020: os trabalhadores tomam nas suas mãos o destino das suas vidas
«Os trabalhadores também exigem que a empresa concessionária aplique, e cumpra, o Acordo de Empresa (AE) em vigor», refere o comunicado do sindicato. «A aplicação do acordo de empresa é da maior importância para a vida de profissional dos trabalhadores». Embora a empresa tenha inicialmente aceite ratificar um novo acordo (com retroactivos a 1 de Janeiro), a Newrail veio posteriormente a alterar o início do AE a Março, unilateralmente.

«Apesar das diversas tentativas de diálogo e entendimento com a Newrail», não restou, aos trabalhadores, outra alternativa que não o agendamento de um dia de greve para amanhã, dia 22 de Setembro, na esperança de ter os seus postos de trabalho garantidos «após o final do ano de 2023, com a integração nos quadros da CP e o pagamento das retribuições dos meses anteriormente regularizados pela concessionária Newrail».

Os trabalhadores do serviço de bares e refeições dos comboios de longo-curso da CP vão estar concentrados na estação de comboios de Sta. Apolónia, em Lisboa, a partir das 8h30.cp

53º aniversario da CGTP-IN

Cartaz_53-anos_CGTP

SINDICATO DE HOTELARIA DO SUL – ELEIÇÃO DOS ÓRGÃOS DIRIGENTES 16, 17 E 18 DE MAIO DE 2023

Programa Acção 2023 pg3Programa Acção 2023 pg2Programa Acção 2023-1

Trabalhadores da Apeadeiro 2020 estão concentrados frente à sede da CP

Trabalhadores dos bares e serviço de refeições dos comboios de longo curso – Intercidades e Alfa Pendular – da CP não receberam o salário de Janeiro de 2023.

Estes Trabalhadores estão reunidos em Plenário, hoje, dia 09 desde as 10 horas, a denunciar e a exigir, à administração dos Comboios de Portugal o pagamento do Salário do passado mês de Janeiro.

Segundo informou a empresa, as transferências mensais realizadas pela CP para a Apeadeiro 2020, no âmbito do contracto de concessão para a exploração do serviço nos comboios, que servem para assegurar os salários dos trabalhadores, não se concretizaram por instruções da Autoridade Tributária à CP para cativar o dinheiro dos salários dos trabalhadores.

Apesar do compromisso assumido pela Apeadeiro 2020 junto dos trabalhadores de que estaria a encontrar uma solução de financiamento que permitisse cumprir as suas obrigações, não se verificou até ao dia de hoje o que torna a situação incomportável para a maioria dos cerca de 120 trabalhadores e suas famílias.

Os trabalhadores trabalharam e produziram durante o mês de janeiro para assegurar receitas e garantir desta forma a transferência do dinheiro da CP para a Apeadeiro 2020, e desta para os trabalhadores, assegurando a continuidade do serviço e dos postos de trabalho, pelo que qualquer responsabilidade pela actual situação deve ser atribuída à CP e à Apeadeiro 2020.

A LUTA CONTINUA!
20230209_104424

Trabalhadores da Apeadeiro 2020 estão concentrados frente à sede da CP

20230209_104424 A INTER-JOVEM/CGTP-IN está a realizar hoje (06/01/2023) uma Reunião Nacional de Jovens e Responsáveis das Frentes de Trabalho das Estruturas, para a organização dos Jovens trabalhadores para a luta e reivindicação para melhores salários e mais direitos colectivos, além disso, está a preparar e mobilizar os jovens trabalhadores para o Dia Nacional de Indignação, Protesto e Luta marcado para o dia 9 de Fevereiro e para a grande Manifestação Nacional dos jovens Trabalhadores da INTER-JOVEM que se irá realizar no dia 28 de Março.
O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Hotelaria, Turismo, Restaurantes e Similares do Sul estevá presente com uma delegação de dois elementos: Cristiana Nunes (Dirigente Nacional da Inter-Jovem) e Miguel Ribeiro (Responsável da Frente de Trabalho dos Jovens).interjovem

ACÇÃO CENTRO COMERCIAL LOURES SHOPPING DIA 15/12/22

Hoje esteve presente uma delegação de Dirigentes Sindicais nos locais de trabalho (restaurantes do Centro Comercial Loures Shopping) numa acção conjunta da União de Sindicatos de Lisboa.

GREVE NACIONAL CANTINAS 28 NOVEMBRO DE 2022

Cartaz Cantinas 28 Novembro 2022

ACÇÃO DE SOLIDARIEDADE COM A DELEGADA SINDICAL DO SINTTAV

ACÇÃO DE SOLIDARIEDADE
Com a Delegada Sindical do SINTTAV e Trabalhadora da Empresa WtPlay

Uma delegação do Sindicato de Hotelaria do sul e da FESAHT, esteve hoje dia 17 de novembro em frente à empresa, em solidariedade com a Delegada Sindical e trabalhadora Ana Costa alvo de Assédio Moral.accao solidariedadeaccao solidariedade 5