Arquivos de Acção Sindical

CONCENTRAÇÃO de reformados, familiares e trabalhadores da CIMPOR 20 DE OUTUBRO – 11H30/13H30 – LISBOA (SEDE DA CIMPOR)

393595877_759098842692370_5635581639064657812_n

No dia 20 de Outubro (6ª feira), entre as 11h30 e as 13h30, junto à sede da Cimpor (Avenida José Malhoa, 22), realiza-se uma Concentração de reformados, familiares e trabalhadores da empresa, para defender o direito aos complementos de assistência na doença que a Administração pretende retirar, a partir desta mesma data, de imediato a cerca de 1.300 beneficiários.

A Cimpor, detida pelo Grupo OYAK (Fundo de Pensões das forças armadas turcas) “justifica” esta decisão com o objectivo de “uniformizar os direitos de todos os trabalhadores”, já que “um grupo pequeno de trabalhadores actualmente activos teriam direito ao benefício”.

Trata-se de um estranho sentido de “uniformização” que baliza todos por baixo; ou seja, retira a todos, em vez de aplicar a todos, um direito que sempre existiu na empresa.

Esta Concentração é de protesto e de exigência de revogação da medida anunciada, em simultâneo com a divulgação pública dos próximos passos a encetar pelos trabalhadores e reformados da empresa. 

A Comissão de Trabalhadores da Cimpor

A Associação de Reformados da Cimpor

Lisboa, 18 de Outubro de 2023

TRABALHADORES E REFORMADOS DA CIMPOR REJEITAM O CORTE NA ASSISTÊNCIA NA DOENÇA

CIMPOR

A Administração da CIMPOR (Grupo OYAK, da Turquia) anunciou a retirada dos complementos de assistência na doença aos actuais e aos futuros reformados e suas famílias a partir de 20 de Outubro próximo, afectando de imediato cerca de 1.300 beneficiários.

É inadmissível que uma empresa com mais de 135 milhões de euros de lucros líquidos nos últimos quatro anos, pretenda agora retirar um benefício que pertence, por direito próprio, aos seus trabalhadores.

Os trabalhadores da CIMPOR não podem ser usados para a obtenção de resultados e descartados quando se trata de usufruir de benefícios conquistados há décadas.

Por isso, rejeitam os cortes anunciados pelo Grupo OYAK e estão, desde já, a discutir e a aprovar a realização das acções e das lutas necessárias para reverter a medida anunciada pela Administração.

Assumem ainda o apoio a todas as iniciativas que os reformados da CIMPOR venham a levar a efeito para assegurar a manutenção de um direito que a todos diz respeito.

 

A Direcção Nacional da FEVICCOM

25/09/2023

ELEVADA ADESÃO NAS GREVES POR TURNOS no sector corticeiro

IMG-20230712-WA0014 IMG-20230712-WA0017 IMG-20230712-WA0019 IMG-20230712-WA0012

Iniciaram-se hoje as greves pelos aumentos dignos dos salários dos trabalhadores corticeiros.
No turno da manhã as adesões foram superiores a 90%, com produção parada e concentrações à porta das fábricas AMORIM CORK FLOORING e SOCORI.

A Direcção Nacional FEVICCOM

12/07/2023

TRABALHADORES DA RAUSCHERT PORTUGUESA, S.A. CONCENTRAM-SE EM PLENÁRIO AO PORTÃO DA EMPRESA

WhatsApp Image 2023-06-28 at 18.28.50 (1)  WhatsApp Image 2023-06-28 at 18.28.50

 

O aumento dos preços veio para ficar, a inflação média chegou aos 8% em 2022 e o último aumento salarial foi rapidamente absorvido pelo aumento do custo de vida que continuamos a enfrentar.

A riqueza criada tem servido para encher os bolsos aos patrões, enquanto a esmagadora maioria dos trabalhadores da RAUSCHERT manteve o seu salário em valores muitos baixos (muitos mesmo, próximos do valor do salário mínimo nacional).

Estamos perante uma desconsideração aos trabalhadores da RAUSCHERT, porque:

À nossa proposta de aumento salarial no mínimo 10% ou 100€ por trabalhador, a Rauschert respondeu apenas com aumentos de 8% nos salários até aos 1000€; 5% até aos 1250€ e 4% para os restantes!

À nossa proposta de retirar o pagamento de 0,40€ pagos respeitantes ao valor refeição, a RAUSCHERT não respondeu!

O acto de gestão da empresa não aumenta o poder de compra e os trabalhadores estão mais pobres a trabalhar!!

Como tal, os trabalhadores da RAUSCHERT, reunidos hoje – dia 28 de Junho de 2023 – em plenário à porta da empresa, exigiram da empresa um – URGENTE – AGENDAMENTO DE REUNIÃO com vista a ser discutido:

  • Aumentos intercalares ainda durante este ano;
  • A valorização da antiguidade e experiência dos trabalhadores mais antigos;
  • E uma verdadeira negociação com a sua estrutura sindical.

 A Direcção do STCCMCS

28/06/2023

GREVE NA VIROC COM ELEVADA ADESÃO!

WhatsApp Image 2023-06-28 at 10.13.31

Os trabalhadores da VIROC PORTUGAL – Indústrias de Madeira e Cimento, SA, em Setúbal, estão hoje em greve, com adesão elevada, durante a primeira hora de cada turno para defender aumentos salariais dignos e melhores condições de trabalho.

Reunidos no início da manhã, aprovaram uma Resolução exigindo o agendamento de uma nova reunião com a Administração para discutir a revisão dos aumentos salariais em 2023 e a criação de anuidades de modo a valorizar a experiência e a antiguidade.

Os períodos de greve iniciaram-se no turno da meia-noite, no turno da manhã (8h00) e voltam a ocorrer no turno da tarde (16h00).

A LUTA CONTINUA!

A Direcção do STCCMCS

28/06/2023

PRÉ-AVISO DE GREVE – VIROC PORTUGAL, S.A.

POR SALÁRIOS DIGNOS E JUSTOS PARA TODOS OS TRABALHADORES

20181115_08150 1

Para demonstrar a sua indignação e dar força à reivindicação por aumentos salariais dignos, os trabalhadores da VIROC PORTUGAL , S.A., decidiram avançar para uma greve no dia 28 de Junho de 2023, entre as 00h00 e as 24h00, uma hora ao início de cada turno.
Os trabalhadores da VIROC PORTUGAL,S.A. consideram-se desvalorizados pela empresa quando cumprem as suas funções laborais com elevado profissionalismo, empenho e dedicação, com salários claramente insuficientes para fazer face ao aumento do custo de vida.
16 de Junho de 2023
(STCCMCS – Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de
Cerâmica, Cimentos e Similares, Construção, Madeiras,
Mármores e Cortiças do Sul e Regiões Autónomas)

Conquistado o maior aumento salarial dos últimos anos na CIMPOR!

Plenário CIMPOR

Fruto da unidade, da elevada participação, intervenção e disponibilidade dos trabalhadores para a luta, ao longo de todo o processo negocial, os recentes plenários mandataram a FEVICCOM para assinar no dia 12 de Abril a revisão salarial do Acordo de Empresa (AE CIMPOR) para este ano.

Esta revisão consagra um primeiro aumento intercalar de 4% acrescido de mais 4% com aumentos mínimos sobre os salários praticados de 90 Euros no 1º semestre de 2023 e de 110 Euros no 2º semestre, para além de 8% nas cláusulas pecuniárias.

Desta forma, na variação entre a última tabela publicada em 2022 e a tabela a publicar em 2023, verifica-se que:

No nível intermédio (Nível 8), o aumento salarial mensal será de:

142 Euros no 1º semestre de 2023 e 162 Euros no 2º semestre,

evoluindo dos 1.308,00€ para os 1.470,00€, ou seja, +12,4%.

 O aumento salarial mais baixo (Nível 1) será de 126 Euros e o mais elevado (Nível 15) será de 292 Euros.

  As restantes matérias pecuniárias terão acréscimos entre os 8% e os 12,2%:

- Subsídio de Refeição; Subsídio de Prevenção; Anuidades; Subsídios de Trabalhador-Estudante: aumento de 8%;

- Subsídio de Transporte: aumento mensal de 5 Euros (11,6%);

- Subsídios de turno: aumento de 12,2% na laboração contínua (fixando-se nos 457,50€).

 As actualizações serão processadas neste mês de Abril, com retroactivos a 1 de Janeiro de 2023 e publicadas em breve no Boletim de Trabalho e Emprego (BTE).

 JUNTOS, ACREDITÁMOS!

UNIDOS, CONQUISTÁMOS!

 

 

A Direcção Nacional da FEVICCOM

13 de Abril de 2023

A LUTA CONTINUA NA SILICÁLIA!

Depois de terem permanecido, em greve, até às 2 horas da manhã junto à empresa, a greve continua hoje, 16 de Março, com uma adesão superior aos 90% no turno da manhã.
A LUTA CONTINUA!
WhatsApp Image 2023-03-16 at 09.24.20  WhatsApp Image 2023-03-16 at 09.24.20 (1)

SEGUNDO DIA DA GREVE NA SILICÁLIA

SEGUNDO DIA DA GREVE NA SILICÁLIA arranca com uma adesão de 95% no turno da noite.
VIVA A UNIDADE E LUTA DOS TRABALHADORES!
WhatsApp Image 2023-03-16 at 09.20.49 WhatsApp Image 2023-03-13 at 22.49.01 (1)

GREVE NA SILICÁLIA

GREVE NA SILICÁLIA por aumentos justos dos salários
COM GRANDE ADESÃO DOS TRABALHADORES
WhatsApp Image 2023-03-13 at 22.48.47 (1)  WhatsApp Image 2023-03-13 at 22.48.46
                        WhatsApp Image 2023-03-13 at 22.49.01