Arquivos de 29 de Outubro de 2019

Horário de trabalho reduzido na Novares em Vendas Novas

Novaris vendas novasOs trabalhadores da Novares, fábrica da indústria química localizada no Parque Industrial de Vendas Novas, conquistaram uma redução do horário de trabalho, informou o SITE Sul.

Desde há vários anos que os trabalhadores desta fábrica, nos períodos de turno da tarde e noite, vinham a trabalhar semanalmente mais 30 minutos de trabalho extraordinário não pago. Estes dois períodos aconteciam nos turnos da noite de domingo e da tarde de sábado.

No dia 9, o SITE Sul apresentou à administração, em reunião, o Caderno Reivindicativo dos trabalhadores para 2020, do qual fazia parte a exigência do fim destes 30 minutos de trabalho não pago.

Esta medida já foi implementada, o que, salienta o sindicato, numa nota à comunicação social, constitui uma redução do horário de trabalho, vindo ao encontro de uma justa reivindicação dos trabalhadores.

Para além desta reivindicação, que foi agora possível alcançar devido à unidade dos trabalhadores, foram apresentadas outras à Novares, tais como:

- Aumento dos salários em 90 euros;

- Salário mínimo de admissão na empresa de 850 euros;

- Regularização das categorias e carreiras profissionais;

- Cumprimento dos direitos de parentalidade;

- Pagamento do trabalho extraordinário realizado;

- Fim dos vínculos precários;

- Medidas de combate às doenças profissionais.

- pagamento de trabalho extraordinário

- efectivação da formação profissional

- fim dos vínculos precários

- combate às doenças profissionais

O SITE Sul assinala que estas propostas são perfeitamente possíveis de alcançar e, tendo em conta os lucros da Novares, não pode ser alegado que ficaria em causa a estabilidade financeira da empresa.

FONTE: FIEQUIMETAL

Do que tem medo a ETMA?

IMG_20191017_172508A empresa de mármores ETMA , em Bencatel, Vila Viçosa, ”tudo tem feito, sucessiva e reiteradamente, antes de cada plenário de trabalhadores, para obstaculizar a sua realização” acusa o sindicato que representa os trabalhadores do sector, STCCMCS, numa nota à imprensa divulgada esta manhã.

Nota à Imprensa do STCCMCS:

A ETMA – Empresa de Transformação de Mármores do Alentejo, SA, em Bencatel, Vila Viçosa, convive mal com a liberdade sindical e a democracia. Ler mais