Arquivo da categoria: Destaques

Destaques

Pingo Doce: Greve 1 Maio

jc01_0_1Os trabalhadores do Pingo Doce / Jerónimo Martins estarão em greve no dia 1º de Maio, Dia do Trabalhador, para reivindicar a revisão do Contrato Colectivo de Trabalho.

Os trabalhadores do Distrito de Évora participarão na manifestação da USDE/CGTP-IN em Évora às 15H30 junto ao Teatro Garcia Resende.

Exigem:

Aumento dos salários de todos os trabalhadores e o fim efectivo da Tabela B;

Promoção automática do operador de armazém até ao nível de operador especializado;

Encerramento do comércio no 1.º de Maio;

Horários regulados que permitam a conciliação com a vida pessoal e familiar e respeitem o CCT;

Fim do Banco de Horas;

Respeito pelos direitos de maternidade e paternidade, nomeadamente o direito dos trabalhadores com filhos até 12 anos terem horários flexíveis;

Fim da pressão, repressão e ritmos de trabalho desumanos e contratação de mais trabalhadores;

Fim da precariedade garantindo que a um posto de trabalho permanente orresponde um trabalhador com contrato sem termo;

Fim da injustiça, subjectividade e discriminações nas avaliações anuais e na atribuição dos prémios;

Condições de Higiene, Segurança e Saúde no Trabalho nas lojas e armazéns.

FONTE: CESP

Também no distrito Évora Greve 1 Maio

1º Maio – dia de luta de todos os trabalhadores do comércio, escritórios e serviços com greve e participação na manifestação da USDE/CGTP-IN em Évora às 15H30 junto ao Teatro Garcia Resende.

Estes trabalhadores estão em luta no dia 1 de Maio – Dia do Trabalhador! O CESP/Fepces emitiu pré-aviso de greve para todo o sector.

Os trabalhadores exigem:

Aumento dos salários de todos os trabalhadores;

Negociação das convenções colectivas de trabalho;

Fim da precariedade;

Horários dignos e regulados;

Pagamento do trabalho em dia feriado acrescido de 100%;

Rejeição da proposta de lei de alteração ao Código do Trabalho e revogação das normas gravosas;

Encerramento do comércio no 1º de Maio e em todos os domingos e feriados.

Fonte CESP

TRABALHADORES DOS HOTÉIS ESTÃO EM LUTA NA AVENIDA DA LIBERDADE

Está neste momento a decorrer, na Avenida da Liberdade, acção de luta dos trabalhadores da hotelaria:

Pela negociação do CCT dos Hotéis Centro/Sul
Contra a precariedade no sector
Pelo aumento geral dos salários e melhoria das condições de trabalho.

Está acção está a percorrer os maiores estabelecimentos hoteleiros situados na Avenida da Liberdade.

Por estas razões, os trabalhadores dos hotéis juntos com a sua organização de classe, Sindicato da Hotelaria do Sul, estão a realizar esta Acção de Luta, para denunciar publicamente a situação precária que vive o sector, sendo de todo injustificada, visto que o sector vive uma situação favorável, com uma enorme riqueza produzida e aumento de produtividade, não reflectido com quem mais o produz, os Trabalhadores.

É O FUTURO DA HOTELARIA QUE ESTÁ EM RISCO.

A LUTA CONTINUA!!

 

A imagem pode conter: 11 pessoas, texto

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas em pé         A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, pessoas a caminharem, automóvel e ar livre

 

TRABALHADORES DOS BARES DOS COMBOIOS VOLTAM À GREVE DIA 1 DE ABRIL

53110903_314897439173891_4365885615602925568_n 53491979_314897449173890_923252788492763136_n

Os trabalhadores da sociedade Almeida & Cadima, Ld.ª, pertencente à LSG Group (Lufthansa), que explora os bares dos comboios Alfa Pendular e Intercidades, decidiram realizar nova greve com inicio dia 1 de abril.

Na ultima reunião de negociações do Acordo de Empresa que teve lugar dia 22 do corrente, para além de não garantir a reposição de direitos retirados aos trabalhadores, a empresa propôs apenas um aumento salarial de 1,5% e congelamento de cláusulas pecuniárias, o que foi liminarmente rejeitado pelos trabalhadores, por ser manifestamente insuficiente face aos salários baixos que são pagos.

Os trabalhadores vão constituir, como habitualmente, piquetes de greve a partir das 5:30 horas em Santa Apolónia e Porto Campanhã.

Espera-se uma grande adesão à greve.

NÃO AO ENCERRAMENTO DO BINGO DO BELENENSES. PELA DEFESA DOS POSTOS DE TRABALHO!!

Os trabalhadores do Bingo do Clube de Futebol “Os Belenenses” estão a desenvolver uma acção de luta, contra o provável encerramento do bingo e em defesa dos seus postos de trabalho.
O Bingo do Belenenses, ao longo dos últimos 30 anos, tem vindo a gerar receitas da maior relevância para o desenvolvimento do clube e das suas diversas modalidades.
Os trabalhadores do Bingo do Belenenses não aceitam o encerramento da sala do bingo, e não vão baixar os braços, vão lutar pela defesa dos seus postos de trabalho.
Com este propósito está agendada a seguinte acção de denuncia:

• Dia 20 de Março, das 11horas, concentração frente à Sala de Bingo do Belenenses.

Solicitamos a presença e divulgação desse órgão de comunicação Social nesta luta dos trabalhadores do Bingo do Belenenses, assim com, a realização de uma conferência de imprensa a realizar no local pelas 11:30horas.