Arquivo da categoria: Destaques

Destaques

Avançar nos direitos é possivel

119632058_1602163793295567_7045398159480292977_oA Habévora EM e o Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local (STAL) assinaram, na passada quinta-feira de manhã dia 17 de Setembro de 2020, no edifício dos Paços do Concelho, o Acordo de Empresa que coloca em linha os direitos e deveres dos trabalhadores desta empresa municipal com os dos restantes funcionários da edilidade.

Dia 26 de Setembro todos à da manifestação que terá início às 10H30 junto ao Teatro Garcia Resende até ao Largo 1 Maio em Évora, garantindo a protecção e o distanciamento sanitário de todos quanto participarão, afirmando o nosso protesto, as nossas reivindicações, a nossa luta.

Cresce a mobilização – Aumentar os salários! Desenvolver o País

IMG-20200917-WA0000(1)O SIESI realizou no dia 16 de Setembro várias acções de contacto junto dos trabalhadores que representa no distrito de Évora.

Participou no plenário da EDP junto dos trabalhadores da rede, estes trabalhadores exigem a EDP  que sejam tomadas medidas no que diz respeito às ajudas de custo, formação adequada para este trabalhadores, progressão na carreira e ainda aumentos no subsidio da disponibilidade.

O SIESI esteve ainda junto dos trabalhadores da TYCO e KEMET onde distribuiu um documento com os principais problemas destes trabalhadores e apelou à participação na manifestação dia 26 de Setembro que terá início às 10H30 junto ao Teatro Garcia Resende até ao Largo 1 Maio em Évora, garantindo a protecção e o distanciamento sanitário de todos quanto participarão, afirmando o nosso protesto, as nossas reivindicações, a nossa luta.

26 Setembro manifestação em Évora

26 SetembroDando cumprimento às decisões do CN da CGTP-IN, a União dos Sindicatos do Distrito de Évora/CGTP-IN vai realizar uma manifestação que terá início às 10H30 junto ao Teatro Garcia Resende até ao Largo 1 Maio em Évora, garantindo a protecção e o distanciamento sanitário de todos quanto participarão, afirmando o nosso protesto, as nossas reivindicações, a nossa luta.

Está convocado pelo Concelho Nacional (CN) da CGTP-IN uma acção nacional de luta para o dia 26 de Setembro, Sábado, com concentrações e manifestações em todos os distritos e nas regiões autónomas sob o lema “Aumentar os salários! Desenvolver o País“.

Tendo em conta o momento particular que atravessamos e a necessidade de dar respostas no presente que se articulem com a construção de um novo rumo para o país, ganha força e uma importância fundamental o desenvolvimento da acção reivindicativa e da luta.

Não estamos condenados a perder direitos, emprego e remunerações é urgente “Aumentar os salários! Desenvolver o País.“.

Partindo da luta reivindicativa nas empresas e locais de trabalho, o dia 26 de Setembro é uma luta de todos e para todos que convirjam as suas propostas e reivindicações.

Vamos à luta pelo aumento geral dos salários, pensões e do salário mínimo nacional; pagamento da totalidade da retribuição a todos os trabalhadores com cortes salariais;

Vamos à luta pela proibição dos despedimentos; garantia do emprego e do combate à precariedade; garantia de protecção a todos os desempregados; reposição imediata dos direitos dos trabalhadores que no presente quadro foram desrespeitados;

Vamos à luta pela garantia das condições de saúde, segurança e higiene nos locais de trabalho; promoção da contratação colectiva; revogação das normas gravosas da legislação laboral;

Vamos à luta pela redução gradual do horário de trabalho para as 35 horas sem redução de salário;

Vamos à luta pelo investimento nos serviços públicos; resposta aos problemas imediatos que se colocam na área da saúde (nomeadamente a prevenção e tratamento de problemas “não-COVID”), na educação (garantia de que serão reunidas as condições de segurança sanitária, reforço de recursos humanos e apoios pedagógicos acrescidos para que o ensino volte a ser presencial para todos os alunos) e nos transportes (reposição dos serviços nos termos das obrigações de serviço público a que as empresas estão obrigadas).

A Acção de Luta Nacional do dia 26 de Setembro, visa expressar a determinação dos trabalhadores para romper com o novo ciclo de incremento da exploração que o capital tem em desenvolvimento, e dar centralidade à valorização do trabalho como factor determinante para a melhoria das condições de vida e de trabalho e para o futuro do país.

Valorizar o trabalho, aumentar os salários, desenvolver o país!

Defender o emprego e os direitos!

Hospital de Évora recusa reunir com o SEP

109219913_824822678047766_266233066497386794_oO Conselho de Administração (CA) não responde aos pedidos de reunião do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP), nem aos pedidos de informação dos enfermeiros do hospital.

O SEP desde 1 de Junho que solicita reunião ao CA do hospital de Évora sem que haja qualquer tipo de resposta ou justificação para não reunir. Solicitámos várias vezes reunião (1 de Junho, 24 de Junho e 26 de Agosto).

Os problemas que afectam os enfermeiros acumulam-se e eternizam-se sem que o CA os queira discutir.

Por outro lado, vários enfermeiros entregaram nos Recursos Humanos do hospital pedidos de informação e esclarecimento, sem que haja resposta do CA.

Será esta uma nova forma de gerir um hospital público? Não reunindo com o sindicato representativo dos enfermeiros nem respondendo aos pedidos de informação e esclarecimento dos enfermeiros.

Sindicaliza-te » Luta pelos teus direitos individuais e colectivos

sindicaliza-teO vírus não pode servir de desculpa para tudo! Basta de exploração.

Os trabalhadores têm direito a melhores condições de vida, quer em termos de protecção,segurança e saúde, quer em termos de salários e horários.

O país não pode regredir, nem parar, precisa de avançar!

A sindicalização ganha ainda mais actualidade nesta fase em que os trabalhadores precisam de ultrapassar as adversidades que se lhes colocam.

É na defesa e no avanço dos Direitos, nas condições de traballho, na protecção do emprego e no aumento dos salários que está a chave de uma justa recuperação da economia.

Luta pelos teus direitos individuais e colectivos. É preciso valorizar o trabalho e os trabalhadores!

Quero sindicalizar-me!

PREENCHA A AQUI SUA FICHA DE PRÉ-SINDICALIZAÇÃO