Arquivo da categoria: Destaques

Destaques

Dia Nacional da Juventude Trabalhadora

Por força de surto pandémico do Coronavírus (COVID-19) foi suspensa a Manifestação Nacional da Juventude Trabalhadora que estava convocada para o dia 26 de março, em Lisboa. Porém, não cessamos a nossa luta e acção reivindicativa!

TEMPO DE ANTENA ver vídeo

Esta situação excepcional coloca a nú, não só a necessidade premente de um real investimento e valorização do SNS e nos seus profissionais, como a vulnerabilidade em que os trabalhadores, nomeadamente os jovens, trabalham e vivem.

Multiplicam-se os casos de trabalhadores cujos contratos precários não foram renovados, de trabalhadores forçados a tirar férias, de trabalhadores cujos baixos salários sofreram um golpe e numa altura em que aumentam as despesas. A precariedade deixa-nos mais expostos e vulneráveis numa altura em que precisamos de estabilidade.

É portanto urgente identificar os abusos e atropelos que os jovens trabalhadores têm sofrido e assinalar o dia 26 de Março como dia de denúncia e reivindicação, com vídeos, foto-protestos e abaixo-assinados.

Porque não queremos viver no medo e na incerteza!
Juventude com Futuro! Mais estabilidade, melhores salários!

Gestamp e AIS não podem descartar responsabilidade

df13c5d28083eb6f8042ca1501858a2c.0Na Gestamp, em Vendas Novas, e na AIS, em Montemor-o-Novo, o SITE Sul exige às administrações medidas de prevenção e rejeita os despedimentos, já iniciados, e a imputação total dos prejuízos aos trabalhadores.

SITE Sul, através das suas comissões sindicais em cada empresa, tem vindo a acompanhar a situação da pandemia de COVID-19 e a exigir a tomada de medidas claras de protecção da saúde dos trabalhadores, e soluções que não sejam imputar a estes as reduções ou suspensões temporárias da produção sem compensação nos seus salários ou direitos.

Num comunicado que emitiu hoje, o sindicato lembra que os trabalhadores têm tido todo o empenho na resposta às exigências de produção e de manutenção dos padrões de qualidade.

A AIS e a Gestamp são reconhecidamente empresas eficazes no fornecimento de componentes para o Grupo Volkswagen, incluindo a Autoeuropa. Num momento difícil para o País e para o mundo, as empresas não podem responsabilizar os trabalhadores pelas quebras de produção, da mesma forma que estes também não têm, na mesma proporcionalidade, visto nas suas retribuições a repartição dos lucros.

Admitindo que é necessária a tomada de medidas de prevenção, o sindicato rejeita o aproveitamento da situação para a realização de despedimentos, nomeadamente dos trabalhadores contratados através de empresas de trabalho temporário, como já está a acontecer na Gestamp.

Estas empresas mantêm uma elevada quantidade de trabalhadores com contratos de trabalho precários e têm acumulado milhões à custa da sua exploração e dessa precariedade, mas querem descartar-se agora deles, deixando-os desprotegidos, nomeadamente do apoio extraordinário para os pais, devido ao acompanhamento dos filhos por encerramento dos estabelecimentos de ensino.

A Gestamp e a AIS têm de disponibilizar aos seus trabalhadores opções que lhes permitam salvaguardar a sua saúde (como, por exemplo, entrar voluntariamente em quarentena), garantindo que não serão despedidos nem prejudicados na sua retribuição mensal, exige o sindicato.

Trabalhadores das pedreiras em luta

PEDREIRAS

Trabalhadores mineiros e das pedreiras vão amanha quarta-feira dia 29 de Janeiro, a Lisboa, entregar um abaixo-assinado com centenas de assinaturas a exigir eliminação do factor de sustentabilidade no regime especial de antecipação de reforma, bem como a alteração do calculo para a reforma.

Através da reivindicação, participação e luta, os trabalhadores das PEDREIRAS e da TRANFORMAÇÃO (Mármores e Granitos) conquistaram, em 2019, a possibilidade de se reformarem antecipadamente a partir dos 50 anos de idade.

Foi uma conquista longa e que resulta da luta!

Mas a luta não acabou, pois esta antecipação da reforma veio acompanhada da penalização através do factor de sustentabilidade que provoca um corte no valor mensal da pensão de quase 15%.

Esta situação é injusta e necessita de ser alterada! Só a luta é o caminho!

Esta Concentração realiza-se a partir das 11h00, em Lisboa, frente ao Ministério do Trabalho (Praça de Londres), que será antecedida de um desfile a partir do Teatro Maria Matos, conta com a presença de representantes sindicais e do Secretário-geral da CGTP-IN, Arménio Carlos.

FONTE: SINDICATO DOS TRABALHADORES DAS INDÚSTRIAS DE CERÂMICA, CIMENTOS E SIMILARES, CONSTRUÇÃO, MADEIRAS, MÁRMORES E CORTIÇAS DO SUL E REGIÕES AUTÓNOMAS

31 JANEIRO MANIFESTAÇÃO NACIONAL DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

200106_Cartaz_Manif31Jan-AP-STAL_min_3f22dApós uma década sem aumentos salariais, o governo insiste em retirar poder de compra aos trabalhadores da Administração Pública, apresentando uma proposta insultuosa!

Basear os aumentos de salários em qualquer valor de inflação é, por si só, uma farsa que os trabalhadores não podem aceitar e que concretizaria o 11.º ano consecutivo de retrocesso salarial.