Arquivos de 25 de Outubro de 2013

1 Novembro (3º Feriado Roubado) Todos à Assembleia da República

20131101_cartazete_concentracoes_300http://www.cgtp.pt/images/images/2013/10/20131101tarjeta.pdf

Pré-concentrações:

Largo da Estrela: Reformados e Pensionistas

Largo do Rato: Distritos de Lisboa, Santarém e Leiria

Largo de Santos: Distritos Setúbal, Alentejo e Algarve

Saudação

O SINTAB saúda todos os trabalhadores do sector, empregados, desempregados, jovens e reformados, que dia 19 marcharam por Abril, contra esta política de direita que nos está a empobrecer cada vez mais!

Não podemos baixar os braços, a luta continua já no próximo dia 1 de Novembro (3º feriado roubado), às 10 horas, em frente à Assembleia da República – Contra o Orçamento de Estado – Pela Demissão deste Governo!

A Luta Continua!

 ponte-busDSC06023

Todos a Alcântara

13887_737336536293329_1949748414_nDia 19 de Outubro vamos todos marchar por Abril! O SINTAB apela à participação de todos, vamos passar a ponte com os pés sobre rodas, até Alcântara!

Os Portugueses mostraram o seu descontentamento nas urnas no passado dia 29, vamos dar continuidade à luta e exigir o aumento dos salários e das pensões, o direito ao trabalho e trabalho com direitos! Queremos uma vida melhor!

É preciso uma política que crie emprego, que não prejudique sempre os mesmos.

Este Governo criou desemprego, aumentou impostos, retirou-nos dias de férias, retirou-nos feriados, reduziu o valor do nosso trabalho, retirou o abono de família aos nossos filhos, fechou escolas, centros de saúde, hospitais.

Basta de exploração!

Os responsáveis pela ofensiva aos direitos dos trabalhadores!

O Tribunal Constitucional pelo Acórdão 602/2013, de 20 de Setembro pronunciou-se sobre a inconstitucionalidade de um conjunto de alterações ao código do trabalho que o governo do PSD-CDS/PP tinham imposto através da lei nº23/2012 de 25 de Junho.

Esta lei tem responsáveis já que nasceu de um acordo na concertação social designado “Compromisso para a Competitividade e Emprego” e que teve a aprovação das Confederações Patronais e da UGT, o qual a CGTP-IN sempre se recusou a assinar por considerar e entender que o mesmo continha inconstitucionalidades.

Também o presidente da república, ao promulgar normas inconstitucionais é co-responsável pelos prejuízos que daqui resultaram para os trabalhadores.

O tribunal constitucional, com este acórdão veio dar razão à CGTP-IN.

Ler mais

2º Feriado Roubado é Trabalho Forçado

Este é o 2º Feriado roubado, o Governo aumentou os dias de trabalho sem qualquer acréscimo de remuneração, está a obrigar-nos a trabalhar de borla. Este é mais um dia de luta, o SINTAB emitiu um pré-aviso de greve ao trabalho prestado neste dia para os trabalhadores das empresas: Unicer Bebidas, Modelo Continente Hipermercados e Renoldy.

Para mais informações contacta o teu dirigente ou delegado sindical.

marcha2