Arquivos de Organização Sindical

Organização Sindical da Comissão de Reformados

A organização que somos

A comissão de reformados é a organização específica dos trabalhadores reformados, pensionistas e aposentados. Uma grande parte dos trabalhadores adquiriu, ao longo da vida, uma larga e rica experiência forjada na acção e na luta pela democracia, pela liberdade sindical, por melhores condições de vida e de trabalho e por transformações políticas económicas e sociais que conduzissem a mais e melhor justiça social.

Por isso, é cada vez mais necessário os reformados manterem-se organizados nos seus sindicatos, a fim de continuar as lutas que teremos de travar contra estas políticas, tal como temos vindo a fazer.

A Direcção do sindicato e o movimento sindical unitário, considerando o projecto de intervenção e princípios da CGTP-IN, têm feito um esforço para dar maior atenção aos trabalhadores reformados, pois estes constituem uma grande parte da população, em constante crescimento, com a mais-valia da experiência de luta acumulada mas, lamentavelmente, muitos ainda não estão disponíveis para a intervenção politica e social que temos vindo a fazer, esclarecendo e mobilizando os reformados para as lutas pela defesa dos seus direitos

Acções pela valorização do trabalho sindical dos reformados

Com uma população cada vez mais envelhecida e o crescente aumento do número de reformados e pensionistas, o trabalho a desenvolver em defesa da garantia dos direitos tem que ser intensificado.

Apesar do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelas Direcções dos sindicatos, temos de reconhecer que muito há a fazer, no que diz respeito ao trabalho sindical junto dos trabalhadores que passaram á reforma.

Assim a Direcção do SINTAB propõe-se:

- Fazer o acompanhamento da política sindical e dinamizar formas de luta em apoio das suas reivindicações;

- Elaborar e discutir documentos sempre que se considere necessário para que os reformados do sector se mantenham informados e mobilizados para as acções tendentes á defesa dos seus direitos;

- Reforçar a organização da Comissão de Reformados;

A Organização é indispensável para a acção e luta dos reformados, com vista a alcançar os seus objectivos, assegurando as suas reivindicações na defesa dos seus direitos.